Notícias > Basquetebol

2014-10-08

Sub16 femininas mantêm-se vitoriosas no grupo 1 do Distrital

Listar >

Depois de superarem o Sangalhos na primeira jornada, as Sub16 femininas do GDG Basquetebol venceram, no passado fim-de-semana, um importante desafio frente a um forte revial, a equipa da Ovarense, por 66-53.

Após a vitória difícil conquistada no primeiro jogo, frente ao Sangalhos, era importante manter a senda das vitórias e limar os erros que foram cometidos na primeira jornada, transpondo para o desafio frente à Ovarense uma maior consistência no jogo e uma maior concentração. Desafio superado, as Azulinhas superaram-se e averbaram a segunda vitória, vencendo a Ovarense por 12 pontos de diferença, apesar das dificuldades circunstanciais dos últimos cinco minutos, conforme relata o Treinador André Janicas na análise que fez ao encontro.

«Esperávamos um jogo equilibrado e foi exactamente o que aconteceu. Entrámos concentrados logo desde início ganhando assim algum ascendente, principalmente através de transições rápidas que fazíamos após ganho da posse de bola. A transição defensiva não era tão rápida permitindo ao adversário finalizações mais facilitadas. Quando não conseguíamos concretizar transições rápidas, tivemos o discernimento de procurar a melhor solução no ataque e escolher bem os lançamentos de fora. Fizemos uma percentagem interessante de 3 pontos (4/9, cerca de 44%). Ao nível dos ressaltos tivemos uma melhor prestação em relação ao jogo anterior, não dando muitas oportunidades de 2º lançamento. Menos positivo foi o número de faltas que fizemos (30) tendo algumas atletas sido excluídas com 5 faltas. Temos que controlar melhor este aspecto, adaptando-nos ao sistema defensivo que temos pela frente, sem nunca renunciar à pressão sobre a bola e primeiras linhas de passe. As posições de ajuda têm de ser mais dinâmicas e preventivas para que caso tenha de haver ajuda essa seja efectiva e não tardia. Outro aspecto que temos de melhorar é a eficácia na linha de Lance Livre Além destes aspectos, houve uma contrariedade com que a equipa teve de lidar no final do jogo e que foi um aspecto importante na demonstração do seu carácter. Ganhávamos por 7 pontos de diferença, um dos elementos do staff foi excluído e mesmo assim a equipa soube responder a esta adversidade. Sendo atletas de formação poderiam ter ficado nervosas e receosas com aquela situação. Antes pelo contrário mostraram carácter e união que são aspectos importantes quando as equipas passam por adversidades. Ainda faltavam 5 minutos para o final do jogo, mas conseguiram, com a ajuda de todos, manter a cabeça fria, jogar com objectividade. O tempo corria a nosso favor, os ataques foram mais longos, a defesa foi ainda mais voluntariosa e conseguimos com isso dilatar a diferença para 13 pontos. Quero dar os parabéns a todas pelo carácter que demonstraram. Estou muito orgulhoso.»

O Treinador André Janicas convocou para este segundo jogo as atletas: Joana Santiago; Rita Sousa; Linda Inês; Jéssica Pereira; Sara Resende; Bruna Zagaria; Gabriela Julião; Marta Lino; Sofia Dionísio; Maria Araújo; Bianca Queiroz; Cristiana Rosa.

Parciais: 20-14; 10-13; 20-15; 16-11.
Resultados: 20-14; 30-27; 50-42; 66-53

Listar >

Publicidade